Ujatoba_ronald_criancas_cancer

Crianças com câncer e suas emoções

por Universo Jatoba

Todo ser humano precisa saber lidar com as emoções, mas crianças e adolescentes com câncer necessitam de um carinho e um apoio especial. Pensando nisso, a Casa Ronald McDonald São Paulo recebe uma especialista no assunto nesta quarta, dia 19 de junho.

A psicoterapeuta Myriam Durante vai ensinar às crianças e adolescentes que estão hospedadas na instituição, mães, funcionários e voluntários a manter o autocontrole emocional diante de situações estressantes. “O intuito é aprender a manter o equilíbrio, além de demonstrar a importância de olhar mais para dentro de si e de acreditar na sua fé, despertando o verdadeiro curador que há dentro de cada um de nós”, explica ela, que tem mais de trinta anos de experiência em tratamentos de depressão, ansiedade e pânico. Além disso, ela ensinará o que fazer para ter um sono profundo e reparador, fator essencial para o equilíbrio emocional.

Myriam diz que essas técnicas são importantes para todas as pessoas e, no caso delas, que se encontram doentes e afastadas do convívio familiar, acabam ganhando mais importância. “Vivenciar a doença 24 horas por dia contribui para que o estresse abale o estado emocional dessas crianças”.

Fazer uma respiração nasal lenta e profunda é umas das principais dicas, pois ela induz ao relaxamento. “Com essa combinação de respiração e relaxamento, a pessoa se torna capaz de bloquear a reação ao estresse”, afirma. E tem mais: meditar, ter pensamentos mais otimistas e dormir de 6 a 8 horas por noite são outras dicas importantes que, segundo ela, trarão efeitos imediatos e que se intensificam com o tempo. “A pessoa começa a dormir melhor, a ter mais disposição, a se sentir mais calma e tranquila e a ter um maior domínio do seu corpo”, diz.

Mas, não adianta fazer um dia só. É preciso praticar diariamente como um exercício. “Para adquirir um controle do seu corpo e das suas emoções, é preciso adquirir novos hábitos e a prática diária de um relaxamento é uma delas”, ressalta.

A técnica para crianças é a mesma dos adultos? Segundo ela, não há diferença, o que muda é a maneira de explicar, que acaba sendo mais simples e lúdica, para que as crianças possam assimilar mais rapidamente. “O objetivo também é o mesmo, independentemente da idade: ensinar as pessoas a ter mais equilíbrio, a lidar com as situações a que somos submetidos e a fazer com que eles descubram a importância da maturidade emocional, espiritual e do autoconhecimento”.

A Casa Ronald McDonald São Paulo é uma organização sem fins lucrativos que oferece estadia, alimentação, transporte e apoio psicossocial às crianças e adolescentes em tratamento contra o câncer longe de suas cidades, e a seus acompanhantes. O Programa é coordenado no Brasil pelo Instituto Ronald McDonald e, em São Paulo, a instituição é administrada pelo GRAACC.

Leia também

Adote um leito

Fique Atualizado!

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do Universo Jatobá!

Quero receber!