Ujatoba_alimentacao_bebe

Seu bebê está amarelo? Os alimentos que ele come podem ser os vilões da história

por Universo Jatoba

Pais marinheiros de primeira viagem costumam ficar bem assustados quando veem que a pele do bebê está com uma tonalidade mais amarelada ou alaranjada. Calma, não se assuste. Antes de imaginar alguma doença grave, você já parou para pensar que a alteração na cor da pele pode ser consequência da alimentação?

O pediatra e nutrólogo Ary Lopes Cardoso explica que o quadro é mais comum entre bebês com menos de um ano. A mudança no tom se dá devido ao betacaroteno, presente em alimentos, como abóbora, mamão e cenoura.

Você está se perguntando se precisa restringir ou tirar esses alimentos da dieta, não é mesmo? “A mãe pode continuar a dar papinha com esses ingredientes, pois não faz mal à saúde. Se ela ficar incomodada deve parar de dar os alimentos durante cerca de três meses”, diz Cardoso. Após esse período, a coloração natural se reestabelece.

Nessas situações, muitas mães ficam preocupadas com relação ao banho de Sol e em dúvida quanto ao aparecimento de manchas cutâneas. Pode manter a exposição do bebê sem problemas. É importante que a criança entre em contato direto com a luz solar, principalmente no começo da manhã ou no fim da tarde.

Fique Atualizado!

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do Universo Jatobá!

Quero receber!