Universo-Jatoba-acucar-crianca1

Excesso de açúcar pode atrapalhar saúde das crianças

por Universo Jatoba

Eu falo de cátedra! Se os meus gêmeos avistarem um pirulito ou uma balinha no caminho para o almoço…ferrou! Tenho que fazer mágica ou encarnar a Galinha Pitadinha para distraí-los e conseguir alimentá-los com feijão e arroz.

Esta cena se repete com muitas outras famílias mundo afora. Cada vez mais as crianças trocam frutas, verduras e legumes por guloseimas, como doces, bolachas, chocolates, enfim, produtos com altas doses de açúcar.

Uma pesquisa constatou que as crianças e adolescentes brasileiros estão trocando a água e o leite por bebidas açucaradas, como refrigerantes e sucos industrializados, tanto os de caixinha, como aqueles em pó. Essa troca que não é saudável tem aumentando o número de casos de obesidade infantil no país e até mesmo o risco de desenvolver doenças como o diabetes e a hipertensão.

Universo-Jatoba-acucar-crianca2

Esse é o primeiro estudo que avaliou o consumo de bebidas entre crianças e adolescentes em cinco capitais do país: São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte e Recife. O levantamento foi realizado por pesquisadores da Faculdade de Saúde Pública da USP (Universidade de São Paulo), da Faculdade de Medicina do ABC e do Instituto da Criança do HC (Hospital das Clínicas).

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), uma em cada três crianças entre 5 e 9 anos está acima do peso recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS). O Ministério da Saúde já trata a obesidade infantil como uma epidemia no país.

A pesquisa também revelou que as crianças e adolescentes ingerem cerca de 21 kg de açúcar por ano, apenas considerando a quantidade existente nas bebidas. Um adolescente de 11 a 17 anos, consome cerca de 26 kg de açúcar por ano somente nas bebidas. Esse número é 45% maior do que ele deveria consumir de açúcar durante todo o ano, já contando todos os alimentos.

Universo-Jatoba-acucar-crianca3

Em algumas famílias troca-se o consumo de refrigerantes por sucos industrializados achando ser uma opção mais saudável. Mas o que muita gente não sabe é que esse produto pode ter a mesma quantidade de açúcar que o refrigerante.

Uma pesquisa feita pelo programa “Meu Pratinho Saudável”, parceria do Instituto do Coração (InCor) do Hospital das Clínicas com a LatinMed Editora em Saúde, constatou que uma em cada quatro crianças e adolescentes paulistas estão obesas ou acima do peso.

Para mudar esses números que são cada vez mais preocupantes é preciso adotar mudanças nos hábitos alimentares das nossas crianças e adolescentes. E esse trabalho tem que começar em casa!

Uma dica é o programa “Meu Pratinho Saudável” que é voltado para crianças de 6 meses a 10 anos e tem o objetivo de readequar a alimentação dos pequenos, fazendo com que comam bem e de forma saudável. O programa prevê que metade do prato da criança seja composto por verduras e legumes. Outras informações podem ser obtidas no site, clique aqui.

Fotos: Thinkstock

Fique Atualizado!

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do Universo Jatobá!

Quero receber!