universo-jatoba-chupeta3

Ajude seu filho a largar a chupeta

por Universo Jatoba

A chupeta é artigo inseparável de muitas crianças. Porém, alguns especialistas defendem o seu uso até apenas os seis meses de vida, enquanto outros ainda aceitam até os dois aninhos.

Após essa idade, nenhum especialista recomenda que o pequeno continue utilizando a chupeta e encorajam os pais a acabar com o mau hábito dos filhos o quanto antes.

Para começar esse desapego, preste atenção no que acalma o seu filho, seja uma música, colo ou até mesmo algum brinquedo. Isso vai ajudar bastante no processo.

universo-jatoba-chupeta1

Como tirar

A dica é substituir a chupeta, aos poucos, por algo que a criança goste, deixando ela sempre perto de algo que supra seu conforto e segurança.

Por exemplo: em vez de dar o objeto para a criança se acalmar, procur conversar com ela, cante alguma música e ofereça um paninho.

Caso o pequeno tenha o hábito de dormir com a chupeta, retire-a assim que ele pegar no sono.

Jamais deixe a chupeta pendurada na roupinha do seu filho, isso só vai incentivar ainda mais o uso. Evite, também, ter várias delas, com cores diferentes e uma especial para cada ocasião.

Quando a criança já tem mais de dois anos e é capaz de compreender, procure explicar todos os problemas que podem ocorrer por causa do uso da chupeta, como respirar mal, ter dentinhos tortos, dificuldade de mastigação, etc. Geralmente, elas entendem que o objeto não faz bem e tendem a se afastar.

Outro método é combinar com a criança de ir diminuindo o uso aos poucos, dia após dia. Ela vai se acostumar com a ideia e vai acabar se separando do objeto.

Tente também, trocar a chupeta por outra coisa. Por exemplo: dica que o objeto pode ser trocado pelo presente do Papai Noel ou um final de semana em algum lugar que ela goste de ir. Mas não se esqueça de cumprir a promessa.

universo-jatoba-chupeta2

A hora de pedir ajuda

Geralmente, as crianças acabam estendendo o uso da chupeta até cerca dos três anos, seja por consolo ou um apoio emocional. Para aquelas que acabam apegadas aos objetos até os 7 anos, ela tende a ser mais sensível e pode precisar da ajuda de um profissional para abandonar o vício.

É preciso investigar a causa e trabalhar nisso, para que a criança consiga deixar a chupeta de lado e continuar o seu desenvolvimento.

Fotos: Thinkstock

Fique Atualizado!

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do Universo Jatobá!

Quero receber!