Ujatoba_saude

Videolaparoscopia, quase um trava-língua, mas pode salvar vidas

por Dr. Thomas Moscovitz

Tente dizer videolaparoscopia três vezes bem rápido. Difícil, não? Quase um trava-língua. Mas este procedimento – a videolaparoscopia, não o trava-língua – é muito importante para diagnosticar anomalias ou mesmo como técnica cirúrgica.

Nos casos cirúrgicos, a videolaparoscopia é utilizada para retirada de mioma e tratamento de distopias genitais, endometriose, retirada de aderências, laqueadura das trompas, retirada de lesões ovarianas, tratamento da gestação ectópica, histerectomia total e tratamento de hidrossalpinge.

O procedimento é realizado através de um pequeno corte no umbigo, no qual entrará um tubo que contém gás carbônico com uma microcâmera em seu interior.

Outros dois cortes também são feitos na região abdominal, por onde serão inseridos instrumentos necessários para a realização da cirurgia.

Por meio de um monitor, que receberá imagens da microcâmera, o cirurgião poderá obter uma visão melhor durante o procedimento, e se necessário, realizar cortes com precisão.

Portanto a videolaparoscopia é um procedimento pouco invasivo e muito mais preciso que as cirurgias convencionais, trazendo, assim um grande benefício ao paciente.

Enjoos, ânsias de vomito, dores abdominais, sentir-se inchado e com intestino preso são sintomas normais após a cirurgia.

A recuperação do paciente após a realização de uma videolaparoscopia é entre sete a 14 dias, e para que este processo seja mais rápido, é necessário manter repouso, sem esforços físicos.

Assim, o paciente necessita de um menor tempo de internação podendo retornar rapidamente as suas atividades normais muito mais rápido que as cirurgias convencionais.

Converse com o seu médico, pois atualmente, praticamente todas as cirurgias podem ser feitas através desta técnica.

 

Dr. Thomas Moscovitz – Doutor pela Faculdade de Medicina da USP. Especialista em: Ginecologia – Obstetrícia – Videolaparoscopia – Videohisteroscopia. Assistente Voluntário do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. Médico Ginecologista na Granmedic.

Dr. Thomas Moscovitz escreve às segundas-feiras aqui no Universo Jatobá.

Fique Atualizado!

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do Universo Jatobá!

Quero receber!