universo-jatoba-tempo-seco3

Tempo seco: Confira dicas para amenizar crises e doenças respiratórias

por Universo Jatoba

A baixa umidade do ar está atingindo diversas regiões brasileiras e vêm causando uma série de complicações que só atrapalham ainda mais quem já tem doenças respiratórias.

De acordo com a Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia, é possível adotar alguns hábitos no dia-a-dia que podem evitar maiores problemas para a respiração.

Ainda segundo a organização, é preciso ficar em estado de atenção sempre que a umidade relativa do ar de sua região estiver entre 20% e 30%. Quando ela chegar entre 20% a 12% o estado é de alerta e os cuidados devem ser redobrados. Em casos de menor umidade relativa do ar, as autoridades precisam decretar estado de emergência.

Rinite, rinossinusite, descompensação de asma e a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) são as doenças que mais se agravam nesse tempo seco e fazem com que as pessoas diminuam sua capacidade respiratória.

As regiões sudeste e centro-oeste são as que mais têm sofrido com o problema, graças a falta de chuva na região e o grande aumento no nível de poluição no ar. Porém, mesmo que em diferentes épocas do ano, todas as regiões passam por fases em que os indivíduos ficam mais expostos à baixa umidade.

Por isso, reunimos algumas dicas para não sofrer e não deixar ainda piores as suas crises.

Fotos: Thinkstock

Fique Atualizado!

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do Universo Jatobá!

Quero receber!