8 - Tonifica os músculos

Como escolher o tênis adequado ao seu pé?

por Giana Ramos

A primeira coisa que devemos pensar quando vamos comprar um tênis é para qual finalidade estou adquirindo o calçado? É para praticar esportes? É para o dia-a-dia? Se for para prática esportiva, qual a modalidade? Depois de esclarecido essas questões, vem algumas mais intrínsecas! Qual é o seu tipo de pisada? Qual a numeração adequada para seu pé? Qual tecido devo escolher? E pensar que normalmente escolhemos o tênis pela sua beleza exterior sem nem nos preocupar com todas essas perguntas!

CALÇADO ESPORTIVO x DIA-A-DIA.

Saiu uma pesquisa pela Universidade de São Paulo que explicava que quanto mais próximos ao descalço nós caminharmos menos carga nos joelhos e nos quadris teríamos, isso porque os pés são formados por músculos e ligamentos próprios para absorção das cargas da reação do solo em contato com o corpo, por isso os tênis quanto mais confortáveis, pior seria para joelhos e quadris, pois a absorção das cargas ficaria por conta deles. No dia a dia opte por calçados flexíveis e que predam bem o peito do pé, não devem conter salto e solado antiderrapante. Para o esporte a dica são:

  1. Compre um tênis no final do dia, que é quando os pés estão mais inchados.
  2. Esteja com meias apropriadas para o calçado.
  3. Quando calça-los certifique-se que consegue mexer os dedos.
  4. De várias voltas na loja antes de bater o martelo da compra.
  5. Procure uma loja especializada, pois os vendedores estão treinados para identificar seu tipo de pisada e o calçado ideal para cada pratica esportiva. No caso da corrida, por exemplo: os tênis são leves e com um bom sistema de ventilação, além de ter amortecedores dianteiros. Os tênis para academia dão mais estabilidade e as palmilhas são mais confortáveis.

TIPO DE PISADA x TIPO DE TÊNIS.

Existem diversos testes que auxiliam você a descobrir seu tipo de pisada, como o teste do pé molhado. É só molhar seu pé e pisar em uma folha de jornal, então analisar os desenhos que se formam, ou então olhar a sola do tênis mais velho e ver onde o desgaste é maior. Tudo isso dá uma ideia do seu tipo de pisada, mas o ideal mesmo é fazer testes com um fisioterapeuta que tenha conhecimento em análise de pisada e equipamentos adequados, esse é um tipo de coisa que não dá para fazer sozinho, precisa de um profissional.

Nos casos das pessoas com pisada pronada (50% da população corredora) como a descarga de peso fica mais para a parte de dentro do pé, é necessário um apoio maior naquela região, mantendo o suporte adequado do arco plantar e impedindo lesões.

O calçado para pisada neutra (45% da população corredora) o solado dele não tem diferenças quando a parte lateral e medial, ele dá estabilidade dos dois lados impedindo que o pé falseie para dentro ou para fora, também tem um bom amortecimento no calcanhar e um pouco na região anterior, dependendo do modelo escolhido.

No caso dos supinadores (5% da população corredora) raríssimos de se encontrar o apoio maior é na região lateral do pé, nesses casos as empresas têm desenvolvido um sistema de amortecimento na região lateral que permite maior estabilidade e menos chance de lesões de ligamento da região lateral do pé.

Se restou qualquer dúvida não a guarde para você, mande-me um e-mail: gianaramos@yahoo.com.br.

Até a próxima semana!

Dra. Giana Ramos é graduada em fisioterapia (São Camilo – SP), Especialista em ortopedia e traumatologia (Santa Casa – SP), Especialista em Docência no ensino superior (SENAC – SP). Formação em Reeducação Postural Global e Auriculoterapia – (FENAFITO – SP). Professora do curso de formação de cuidadores de idosos (SENAC – SP), empresária do Centro de Atendimento Especializado (CAESP SAÚDE), gestora do programa de qualidade de vida na terceira idade da Vila Maria Zélia – Belenzinho – SP.

Fique Atualizado!

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do Universo Jatobá!

Quero receber!