Ujatoba_gluten

O glúten faz mal para a saúde?

por Universo Jatoba

O glúten é o vilão da vez. Muito se fala sobre as dietas sem glúten que algumas famosas já aderiram. Gisele Bündchen, Juliana Paes, Vanessa Giácomo, Lady Gaga e Gwyneth Paltrow são exemplos de celebridades que aboliram o glúten do cardápio. Mas será que o glúten realmente faz mal à saúde?

O glúten é uma proteína grande que é formada por outras duas proteínas menores, a gliadina e a glutenina. Ele é encontrado em alimentos feitos com farinhas de cereais como pães, massas, bolachas, pizzas, entre outros. O glúten é a proteína que está presente no centeio, na aveia, no trigo, na cevada e no malte.

Pessoas que têm a doença celíaca, não podem consumir glúten. A doença celíaca é uma inflamação no intestino delgado e que causa diarreia, dor abdominal e náuseas quando essas pessoas ingerem alimentos com glúten. De acordo com a Organização Mundial de Gastroenterologia, essa doença afeta uma em cada 200 pessoas no mundo. Esse é o caso da atriz Ísis Valverde.

Outras pessoas não sofrem de doença celíaca, mas possuem intolerância ao glúten. Elas passam mal quando consumem alimentos ricos nesta proteína, sentem gases e sofrem com diarreia.

Mas que mal o glúten pode fazer para aqueles que não tem nenhum problema com essa proteína? O glúten está presente em diversos alimentos ricos em carboidratos e com alto índice glicêmico, que elevam a taxa de açúcar no sangue. O consumo exagerado desses alimentos pode levar ao aumento de peso, pois o glúten pode ser armazenado no corpo em forma de gordura.

Os alimentos ricos em glúten são calóricos e quem optar por uma dieta sem essa proteína irá perder de peso. O glúten é uma proteína de difícil digestão e por isso quando ingerido pode causar uma sensação de inchaço. Ao restringí-lo do cardápio, a pessoa pode constatar algumas quilinhos a menos. Mas esse mesmo resultado pode ser obtido ao trocar alimentos industrializados por opções mais saudáveis.

Se você não vive sem um pãozinho ou sem uma massa, já existem no mercado uma diversidade de produtos sem glúten. Mas se você não sofre de doença celíaca e não tem intolerância ao glúten, você pode consumir a proteína normalmente. É só não exagerar na quantidade, a moderação é o segredo de uma dieta balanceada. Se optar por fazer um regime, seja ele de restrição ao glúten ou qualquer outro, procure a orientação de uma nutricionista.

yesyesyes