Ujatoba_meditacao

Meditação da lei da atração

por Debora Ganc

Como manifestamos as nossas intenções? Como as tornamos mais poderosas? A maioria das pessoas pensa que se pensar positivamente estará fortalecendo a sua intenção e isso fará com que as coisas aconteçam.

Não pode haver erro maior do que imaginar que podemos mudar a nossa vida apenas pensando positivamente. Na realidade, ficamos muito estressados pensando positivamente enquanto não nos sentindo positivos. É muito mais importante sermos autênticos e reais e ter a habilidade de aquietar a nossa mente; e aí sim semear a nossa consciência com as nossas intenções.

A meditação da lei da atração começa igual a meditação de cura até a parte em que colocamos a nossa atenção em nosso coração.

Em seguida, sentimos gratidão pensando em todas as coisas pelas quais somos gratos.

Mantendo a nossa atenção no coração, nos fazemos apenas uma pergunta: O que eu realmente quero?

Ouvimos as respostas que vêm do nosso coração. Prestamos atenção às respostas que vêm.

Finalmente, deixamos que a pergunta e as respostas se desfaçam como fumaça, deixamos que tudo se vá, nos entregamos ao desconhecido, aos mistérios do espírito.

Continuamos a repetir o mantra “eu sou” mentalmente por mais uns dez minutos. Depois voltamos a nossa atenção ao nosso corpo e abrimos os olhos.

“Eu sou” é um mantra. Um mantra é uma frase sem sentido. O nosso nome tem um sentido, uma história por trás dele, mas “eu sou” é apenas um testemunho de existência.

A Bíblia nos conta que Moisés vê o arbusto em fogo, mas que não é consumido e Deus se revela a ele. Moisés pergunta: qual é seu nome? Deus responde: eu sou o que sou.

Então quando repetimos estas sílabas sagradas elas interferem com os pensamentos que estamos tendo e os pensamentos interferem com o mantra e ficam interferindo um com o outro até que em algum momento conseguimos escorregar pelo intervalo entre eles.

E é nesse intervalo que se encontra a nossa pura consciência, nossa alma, nossa conexão ao mistério da existência. Quando trazemos as nossas intenções para este espaço elas se tornam muito poderosas. Vamos tentar fazer a meditação da lei da atração?

 

Debora Ganc é Terapeuta Sistêmica, Constelações Familiares, Constelações Empresariais. Gestalt e Programação Neurolinguística.

Debora Ganc escreve às quartas-feiras aqui no Universo Jatobá.

Fique Atualizado!

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do Universo Jatobá!

Quero receber!