Universo_Jatoba_relacionamentos

Ser ou Não Ser a Outra? 4 questões que lhe ajudarão a decidir

por Margareth Signorelli

Flor me escreveu dizendo “Tenho um relacionamento com um homem casado, há sete anos. Vivo intensamente o que ele me proporciona, mas quero mais e vivo me questionando, porque não dou um basta nisso. Estou me sentindo doente, pois tento e não consigo dar um basta nessa relação”.

Entendo que você viva intensamente e que sua paixão é intensa, mas quando nossos atos não estão congruentes com nossos desejos, muito provavelmente afetará nossa saúde.

Sete anos de sua vida se passaram e, por mais que ele mostre amor por você, a verdade é que ele escolheu permanecer casado. Isto demonstra que será pouco provável que tomará alguma atitude contraria. Uma vez que continue nesta relação, ele é emocionalmente e legalmente comprometido.  Apesar de dizer o oposto, os fatos provam o mesmo.

O que você tem que entender é que não criamos o relacionamento que queremos baseados em uma historia que não nos pertence. Se for assim, sempre estaremos nos moldando às necessidades dos outros e nos perdendo, esquecendo quais são as nossas prioridades.

Somente você sabe o que é importante para você, ninguém mais.

Seguem algumas perguntas que lhe ajudarão a clarear suas ideias e lhe permitir entender o que você realmente quer criar em sua vida.

1  . Que Tipo de relacionamento você quer ter? Quer um marido, um companheiro ou um amante, não se importando em ser “a outra”?

2 . O que você quer Criar neste relacionamento? Uma relação de respeito, cumplicidade e harmonia?

3 . O que você quer Contribuir com o seu relacionamento? Quer que as pessoas vejam que é possível viver uma relação equilibrada e harmoniosa?

4 . Quais são as Prioridades no seu relacionamento? Respeito, sexo, verdade?

Sabendo que tipo de relacionamento, o que quer criar e contribuir, deixará claros seus desejos, não aceitando qualquer coisa e se acomodando em situações indesejáveis que não condizem com seus valores. Suas prioridades também lhe ajudarão a receber o que deseja e merece do homem que escolheu para ser seu companheiro.

É evidente que você o ama, mas é importante que você se ame mais do que a ele. Isto é honrar o que o seu coração necessita, é respeito próprio. Somente assim você poderá atrair para a sua vida alguém que faça o mesmo para você.

Grande abraço!

 

Margareth Signorelli formou-se bacharel em enfermagem (PUC-CAMP). Sempre se considerou uma cuidadora e continuou sua busca para incentivar pessoas a alcançar seu melhor desempenho possível. Formou-se pelo ICI (Integrated Coaching Institute), em São Paulo, tornando-se uma coach de desenvolvimento. Com interesse especial na área de Relacionamentos encontrou no método de Katherine Thomaz e Clair Zammit a abordagem ideal, graduou-se em Los Angeles, tornando-se uma coach de Transformação. www.conexaocoach.com.br

Margareth Signorelli escreve aos sábados aqui no Universo Jatobá.

Fique Atualizado!

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do Universo Jatobá!

Quero receber!