4 – Você tinha vida antes de decidir se casar

Construindo ou Justificando

por Margareth Signorelli

Marina diz “Sinto que meus amigos às vezes atrapalham quando dão muita opinião sobre meu relacionamento, mas não sei o que fazer, me ajude”.

Quando começamos uma nova relação com alguém temos a tendência ou necessidade de dividir com amigos os nossos sentimentos, por vários motivos como:

– Partilhar as novidades.

– Dividir nossas dúvidas com alguém que já nos conhece e tem a mesma linha de pensamento.

– Saber a opinião de alguém que confiamos.

Passado algum tempo as pessoas que nos querem bem estarão muito interessadas que estejamos evoluindo com a outra pessoa, pois não querem nos ver só novamente. Provavelmente estes amigos terão colocações que podem nos confundir por terem o foco em estarmos com alguém e não necessariamente na relação em si.

Os amigos podem nos ajudar sim, mas muitas vezes tem suas próprias expectativas sobre nosso relacionamento. Nosso erro é concentrarmos somente em suas opiniões e nos deligarmos do que realmente estamos vivendo.

A partir daí precisamos começar a prestar atenção em como estamos realmente nos sentindo neste relacionamento.

Precisamos perceber se estamos construindo um relacionamento baseado em cada informação que recebemos do outro ou se estamos justificando para nós mesmos os motivos para continuarmos na mesma.

Mas como perceber isto, com clareza?

A energia de construir é muito positiva, queremos seguir em frente absorvendo cada detalhe do outro o que nos dá uma sensação de conforto, segurança e plenitude.

A energia de justificar, ao contrário, esta ligada a negatividade. Nos faz sentir inseguros, impacientes e incomodados com o outro, mas ao mesmo tempo queremos justificar que somos exigentes e detalhistas demais.

Siga sua intuição e não tente impedir que se manifeste. Ela é sutil e sussurra aos nossos ouvidos as verdades que no fundo sabemos.

Precisamos estar alertas, deixando que nos guie. Com isto sentiremos, com muita clareza, onde nos encaixamos, na construção ou no comodismo desta relação.

Grande abraço!

Margareth Signorelli formou-se bacharel em enfermagem (PUC-CAMP). Sempre se considerou uma cuidadora e continuou sua busca para incentivar pessoas a alcançar seu melhor desempenho possível. Formou-se pelo ICI (Integrated Coaching Institute), em São Paulo, tornando-se uma coach de desenvolvimento. Com interesse especial na área de Relacionamentos encontrou no método de Katherine Thomaz e Clair Zammit a abordagem ideal, graduou-se em Los Angeles, tornando-se uma coach de Transformação. Margareth Signorelli escreve aos sábados aqui no Universo Jatobá.

Fique Atualizado!

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do Universo Jatobá!

Quero receber!