Universo-Jatoba-cosmeticos1

Veja como diferenciar cosmético orgânico, natural e sintético

por Universo Jatoba

Você sabe a diferença entre cosmético orgânico, natural e sintético? Com consumidores cada vez mais exigentes e conscientes, as empresas precisam correr atrás. Hoje, a tendência mundial é produzir cosméticos e maquiagens orgânicos e naturais, com matérias-primas que não são testadas em animais, sem parabenos (derivados do petróleo) ou ativos que agridam a natureza e, principalmente, a pele.

Na Europa e nos Estados Unidos, estes produtos já são consagrados e atendem as demandas de um público cada vez mais exigente e preocupado com os seus hábitos de consumo. Priscila Miagui, Farmacêutica, Cosmetóloga e Coordenadora de Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos da Idealfarma explica a diferença.

Universo-Jatoba-cosmeticos2

Orgânico ou Vegano

Seus ingredientes não são de origem animal e sim da produção natural, como o mel, flores, folhas e frutas. Não utilizam produtos sintéticos, conservantes, parabenos, corantes artificiais e também não são testados em animais. 

O consumidor deve buscar na embalagem os selos como Ecofert (Ecocert), Icea ou até mesmo IBD, que certificam que o produto está dentro das normas de qualidade e sustentabilidade exigidas nacional e internacionalmente. “Essa é uma garantia de que o consumidor está adquirindo um produto que realmente respeita o meio-ambiente e que foi concebido respeitando parâmetros de sustentabilidade importantes atualmente”, explica.

Vantagens: utilizam ingredientes retirados de recursos renováveis, beneficiados por processos ecologicamente corretos. Os conservantes são óleos essenciais e a durabilidade é a mesma de outros cosméticos, aproximadamente dois anos.

Desvantagens: por não ter ativos sintéticos que potencializem a ação, seus efeitos podem demorar um pouco, mas os resultados são satisfatórios e duradouros. Os preços mais elevados devido ao maior custo da cadeia produtiva.

Universo-Jatoba-cosmeticos3

Naturais

Os ingredientes não foram significativamente modificados em sua forma original. A composição deve ter algo em torno de 80% de matérias-primas retiradas da natureza. O restante da fórmula pode conter ativos sintéticos, como corantes e conservantes. Diferentes dos orgânicos, eles não necessitam de um rígido processo de verificação.

Vantagens: alguns ativos extraídos dos vegetais são mais poderosos que os sintetizados em laboratórios. O Phloretin, por exemplo, é uma substância encontrada na casca da maçã que protege a pele da radiação ultravioleta. Além disso, acelera a renovação celular, aumenta a firmeza e a luminosidade da pele e diminui as rugas e linhas de expressão.

Desvantagens: pessoas muito sensíveis podem desenvolver alergias a produtos naturais. Por isso, é sempre importante consultar um especialista e realizar o teste de alergia antes de usar.

Universo-Jatoba-cosmeticos4

Sintéticos

Respondem por 90% do mercado de beleza. Muitos dos ingredientes são desenvolvidos em laboratório ou são de origem animal. Os ativos artificias que compõem esses produtos imitam matérias-primas da natureza. São utilizados corantes, conservantes, álcool e parabenos e muitos desses produtos são testados em animais.

Vantagens: existem substâncias que são muito utilizadas para deixar os fios do cabelo macios, como os silicones. Há também um crescente investimento em tecnologias no setor que favorece a atualização de formulações cada vez mais eficazes.

Desvantagens: algumas substâncias podem trazer riscos à pele e há quem associe o uso do produto com o surgimento de câncer, embora não haja comprovação científica.

Fotos: Thinkstock

Fique Atualizado!

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do Universo Jatobá!

Quero receber!