Ujatoba_hairsize

Sustentabilidade no salão de beleza

por Universo Jatoba

A indústria da beleza é gigante e se mostra cada vez mais preocupada com o consumo consciente. Hoje o Universo Jatobá traz exemplos de projetos que levam a sustentabilidade aos salões de beleza. O primeiro deles é o Ecohair, que foi elaborado pelo cabeleireiro Jades Sales, em 2010, com o propósito de inovar o conceito de serviços de tratamento capilar com economia de água. “Gastamos muita água no passo a passo. Percebi que, se utilizasse os produtos de tratamento sem a interferência dela, o resultado era muito superior na qualidade do fio”, diz Jades, que desenvolveu uma metodologia de aplicação dos produtos baseado no ph do próprio produto e o do cabelo. “A cada lavagem gastamos aproximadamente 80 litros de água. Com este conceito diminuímos a quantidade em aproximadamente 70 litros”, explica.

Até 2012, o foco era apenas a economia de água e o diferencial no cuidado do cabelo, mas com o surgimento da linha Essensity de Schwarzkopf, com produtos orgânicos, os tratamentos ficaram mais sustentáveis ainda. “Eles são diferentes dos convencionais por não utilizarem parabenos, silicones, óleos minerais, corantes sintéticos e amônia”, enfatiza.

Jades desenvolveu, então, o curso Ecostyle para orientar e incentivar os profissionais de beleza com novas técnicas de trabalho que sejam sustentáveis e que já estão sendo implantadas em vários salões na região Nordeste do Brasil. “Há uma certa resistência à teoria, mas na prática eles percebem a diferença e transformam o conceito num serviço, o que já é alguma coisa para o planeta”. Gostou da ideia e quer saber mais? Clique aqui.

Outra referência em sustentabilidade dentro dos salões de beleza é o HairSize, idealizado por Fabiana Gondin, que preza pela economia de produtos na hora de realizar os processos químicos como tintura, relaxamento, entre outros. O método foi desenvolvido por ela no próprio salão, em Natal, no Rio Grande do Norte, que, por sua vez, adota diversas práticas sustentáveis, como uso de energia solar, reciclagem de lixo e muito mais. Os vidros, por exemplo, são destinados à prática artesanal na região.

Além da economia de produtos, a ideia de Fabiana usa medidas com réguas, tabelas, balanças e toda uma metodologia que garante estabelecer a quantidade de produto para o cabelo de cada cliente. A proposta permite que o cabeleireiro tenha controle do estoque, que evite o desperdício, o descarte em excesso no meio ambiente e previna que os clientes sejam expostos também ao excesso de química. Sem contar que o método HairSize pode favorecer o preço final do serviço.

Clique aqui e informe-se sobre como comprar os produtos e também sobre o serviço de consultoria para implantar o método no seu salão.

Cuidar da beleza pode ser consciente e sustentável.

Leia também

Cuide da beleza de forma sustentável

Fique Atualizado!

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do Universo Jatobá!

Quero receber!