Ujatoba_oculos2

LPs de vinil viram óculos sustentáveis

por EcoD

O vinil tem todo um estilo retrô e charmoso, mas em tempos de digitalização há pouca utilidade em mantê-los em seu estado original, a não ser que se trate de um colecionador. Por essa razão, a Tipton Eyeworks, uma fábrica de Budapeste (Hungria), resolveu dar uma nova utilidade a este material: criou uma linha de estilosos óculos feitos a partir de LPs.

Matéria do site EcoDesenvolvimento

A linha se chama Vinylize e tem as armações dos óculos totalmente produzidas manualmente. Há óculos de grau e de sol, em versões femininas e masculinas. O estojo dos acessórios também é feito com vinil. Um dos argumentos da loja para a coleção é evitar que este material vá para o lixo, além do fato de que há muitas pessoas apaixonadas ainda pelo vinil.

Um dos fatores que tornam o acessório menos acessível é o preço. Na loja virtual da marca, os óculos vão desde os 318 euros (cerca de 930 reais) em diante.

Outras marcas

De vinil, de madeira ou material reciclado, a sustentabilidade tem sido presente na fabricação de óculos. Não é difícil encontrar outros exemplos. A grife Gucci, por exemplo, informou em 2012 que lançará uma linha de óculos feitos com madeira líquida, que mistura fibra de madeira, resíduos de papel e cera natural.

No Brasil, a Zerezes usa madeira de construção civil para fazer óculos, reinserindo um material que iria para o lixo na cadeia produtiva. A loja fica no Rio Janeiro. Ainda aproveitando a fibra vegetal, a Kaiku, produz o acessório usando bambu. Provas de que é possível ficar elegante e sustentável, não é mesmo?

Veja no vídeo abaixo como os óculos de vinil são feitos:

Fique Atualizado!

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do Universo Jatobá!

Quero receber!