Ujatoba_genia1

L’occitane e Surya Brasil: novos produtos com embalagens eco-friendly

por Genia Winitzki

A L’Occitane en Provence lançou seu primeiro eco-refill em 2009, com 83% menos plástico do que a embalagem padrão! A boa notícia é que você não precisa esperar para cuidar da beauté e da natureza ao mesmo tempo: a marca francesa acaba de depositar nas prateleiras o Eco refil Sabonete líquido para o corpo Verbena (500 ml), R$ 110.

Outra, como a Surya Brasil, uma das marcas líderes em cosméticos orgânicos, veganos e naturais, traz nova linha com o sugestivo nome de Sapien Women e o slogan “Desintoxique sua Beleza”. Diferencial: os produtos são envasados em plástico verde, obtido do etanol de cana-de-açúcar, produzido pela Brasken. Além da embalagem ser renovável, durante o processo produtivo há captura de gás carbônico. Dois coelhos…

 

Ujatoba_genia2

A linha Sou, da Natura, tem embalagens stand-up pouch, aquelas em plástico molinho, que não param em pé. Este tipo de embalagem não protege o produto durante muito tempo porque é feita de uma lâmina apenas de filme (as mais rígidas são feitas de várias lâminas), mas sua produção, como falamos aqui no post de lançamento, gera pouquíssimo resíduo e são facilmente recicláveis.

Agora, faça as contas de quantas embalagens plásticas você usa na sua rotina de beleza. Confesso que não consigo. Mas, é fácil entender que leva de 100 a 150 anos para que os polímeros das embalagens PET acabem degradados. Enquanto isso, nossos shampoos, desodorantes, lâminas para depilar, embalagens de batons, sabonetes líquidos, esfoliantes vão se acumulando nos aterros sanitários ou poluem rios, matas, ruas, praias…

Como os PETs podem ser reciclados inúmeras vezes, muitas empresas estão tentando reduzir o ataque à natureza utilizando plásticos reciclados. Ou, ao que parece, estão buscando o caminho do ácido poliático, obtido da fermentação do amido de milho. Não consegui obter um número correto, mas dizem que ele se decompõe em um período que vai de 100 a 180 dias. Pelo sim, pelo não, é muito, mas muito menos tempo do que o poliestireno dos copos descartáveis, que leva até um século para degradar!

(Na boa, uma sugestão: evite copos descartáveis até na hora do cafezinho. Leve sua xícara de casa)

Para saber mais sobre beleza, siga nossa colunista, Genia Winitzki, no site dermapost.com.brFacebook e no Instagram.

 

Genia Winitzki, jornalista, pós-graduada em Marketing, é diretora de conteúdo do site Dermapost e editora-contribuinte da Revista Vogue e da Revista do Studio W. Foi editora especial da Revista Nova e colaborou com publicações como Women’s Health, GQ, Elle, Playboy, e Le Lis.

Genia Winitzki escreve às terças aqui no Universo Jatobá.

Fique Atualizado!

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do Universo Jatobá!

Quero receber!