Ujatoba_foto

A britânica Lush abre loja nos Jardins. Yeeesss!

por Genia Winitzki

A Lush Cosmetics retorna ao Brasil. Em grande estilo: é a sua maior loja e o primeiro spa na América Latina (dele falo depois). O primeiro impacto de quem entra são as fragrâncias estonteantes. Depois, a estética de mercearia chic. Os sabonetes continuam sendo vendidos em fatias, as bath bombs que explodem nas banheiras estão empilhadas como frutas, os cremes parecem recheios de bolos… tudo é apetitoso, cheiroso, gostoso. São mais de 300 produtos feitos manualmente, incluindo uma linha de beleza, a Emotional Brillance. O nome completo da empresa diz tudo: Lush Fresh Handmade Cosmetics. E eles afirmam: “quando expandimos empregamos mais pessoas e não máquinas”.

Ujatoba_06-16-LUSH-1

A marca britânica já estacionou por estas paragens por dez anos (até 2007), época em que naturebas não tinham esta aura elegante: quando muito, as globe-trotters nacionais mais antenadas compravam produtos da The Body Shop, empresa que inspirou mundo afora uma série de similares. Na verdade, Mark e Mo Constantine, fundadores da Lush, foram os maiores fornecedores da TBS e criaram muitos dos seus produtos best sellers.

Hoje, com mais de 900 lojas da Lush em 51 países, é perceptível ver a expansão vertiginosa de consumidores conscientes. Os ingredientes são quase todos naturais –usam apenas óleos de amêndoas e oliva; as embalagens são recicláveis e biodegradáveis em sua maioria, e a empresa se orgulha de explicar que deixa de usar quase 6 milhões de embalagens plásticas em todo o mundo porque produz shampoo em barra.

Ujatoba_06-16-LUSH-3

 

Aliás, costumam chamar seus produtos de naked (nus) porque criaram uma tecnologia toda própria, que não usa água e evita embalagens. O que achei mais legal ainda: há papel reciclado para quem quer presentear, mas, qualquer um dos produtos pode ser embalado em maravilhosos lenços vintage que a empresa compra mundo afora. Os lenços podem ser utilizados como scarves mesmo! (dá uma olhada no vídeo).

Mais: a Lush não usa nenhum fornecedor que realiza testes em animais, seja para uso cosmético, farmacêutico ou para alimentos. E apoia uma série de causas – da proteção ao meio ambiente aos direitos humanos.

Para saber mais sobre beleza, siga nossa colunista, Genia Winitzki, no site dermapost.com.brFacebook e no Instagram.

 

Genia Winitzki, jornalista, pós-graduada em Marketing, é diretora de conteúdo do site Dermapost e editora-contribuinte da Revista Vogue e da Revista do Studio W. Foi editora especial da Revista Nova e colaborou com publicações como Women’s Health, GQ, Elle, Playboy, e Le Lis.

Genia Winitzki escreve às terças aqui no Universo Jatobá.

Fique Atualizado!

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do Universo Jatobá!

Quero receber!